Buscar

Trabalho híbrido: o que é e vantagens

Da mesma forma que no passado o coworking mudou a visão dos escritórios, o modelo de trabalho híbrido está mudando a forma como as pessoas encaram a rotina de trabalho.


O que é o trabalho híbrido?

Trabalho híbrido é uma tendência pós pandemia que ganhou espaço com a grande aceitação do home office pelas empresas. Neste modelo, as pessoas passam parte da sua semana trabalhando em casa ou no escritório da empresa.


Diferente do formato de trabalho adotado no início da pandemia — onde os locais de trabalho migraram totalmente para o home office — tem se percebido, na verdade, que o equilíbrio entre o home office e o trabalho presencial é fundamental.


Antes da adoção do home office, as empresas enxergavam o trabalho híbrido com um certo grau de desconfiança, por acreditarem que, se os trabalhadores pudessem escolher o horário de trabalho, eles certamente optaria por trabalhar menos.


Essa visão deixou de ser verdade após a necessidade da implantação do home office. No artigo criado pela Microsoft, sobre o impacto da pandemia no desempenho das empresas na Europa,

82% dos líderes relataram que suas empresas estavam pelo menos tão produtivas quanto antes da pandemia.

As vantagens que justificam essa produtividade, veremos a seguir.


Vantagens da adoção do trabalho híbrido


Otimização de tempo e despesas


Vamos usar um exemplo prático da adoção deste formato de trabalho.


Imagine que você trabalha em uma empresa onde é possível alternar os dias em que se trabalha no escritório ou na empresa. Nas segundas, quartas e sextas-feiras você pode trabalhar da sua casa e nos demais dias da semana é necessário que você compareça até a empresa pois haverão reuniões e alinhamento com o time.


Se considerarmos que diariamente você demora cerca de 2h com ida e volta ao trabalho e em média o custo com deslocamento é de R$8,00, em um mês de trabalho híbrido, você terá economizado 24h com deslocamentos e R$96 com transporte.


Se formos pensarmos além, a economia anual fica ainda mais interessante, seriam 288h e R$1.152 economizados.

A economia proporcionada pelo trabalho híbrido, permitiria investir em um curso para especialização em sua área.


Vale lembrar, que o benefício do trabalho híbrido vai além da economia com horas de deslocamento e custos com transporte que os trabalhadores teriam.


Para as empresas, esse modelo é muito atrativo pois tem-se uma redução no consumo de água e energia e demais custos com infraestrutura, por não precisar comportar mais tantos postos de trabalho num único ambiente.


Com os horários intercalados do trabalho híbrido, as empresas podem optar por sedes menores e contar com os espaços em coworkings, que além de possuir os postos de trabalho, também oferece salas de reuniões e endereço fiscal. Como é o caso da Muvers, saiba mais aqui.



Alegria dos funcionários =)


Em um estudo realizado pela SurveyMonkey, aponta que os colaboradores que possuem a opção de trabalho remoto alegam viver mais felizes que os colegas que permaneceram trabalhando apenas no escritório.


Os motivos para essa felicidade são diversos, vão desde benefícios psicológicos por assumirem o controle do horário a poderem contar com a companhia de um pet.


A possibilidade de não ter que se preocupar com a roupa do dia seguinte, cozinhar sua refeição e ficar mais próximo da família também contribuiu para o sentimento positivo.


Mas como somos seres humanos e sempre há exceções, muitos encaram o trabalho em casa como um ambiente propício para distrações e até afastamento da equipe. Portanto, o trabalho híbrido atenua diversas desvantagens do trabalho 100% remoto, pois ele cria um espaço profissional fora de casa para a integração entre funcionários.



Conclusão


O trabalho híbrido ganhou espaço e veio para ficar. Com isso, o coworking é uma alternativa atrativa para quem busca fluxos de trabalho alternando entre escritório e casa, trazendo consigo diversos benefícios.


A infraestrutura disponibilizada em coworkings, somando-se às interações colaborativas nativas desses ambientes fortalece ainda mais a essência do trabalho híbrido, permitindo explorar ao máximo essa modalidade de trabalho.